terça-feira, 23 de setembro de 2014

A convocatória da "Primavera com Dilma"

Empresariado, mídia e FHC: tudo a ver

Por Ricardo Kotscho, no blog Balaio do Kotscho:

Para quem gosta, foi uma festa. A trinca formada pelo empresariado paulista, a mídia e o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso está mais afinada do que nunca. Só falta combinar com os eleitores, que pensam exatamente o contrário.

Nesta segunda-feira, em mais um convescote tucano patrocinado pelo promoter empresarial João Dória Júnior, 602 empresários e executivos "de grande porte", segundo o jornal "O Estado de S. Paulo", antigo porta-voz do grupo, reuniram-se num almoço em torno de FHC na tentativa de criar uma "onda de razão" capaz de desencalhar a candidatura de Aécio Neves e leva-lo para o segundo turno.

Banda Larga de Marina fica "no ar"

Por Felipe Bianchi, no site do Centro de Estudos Barão de Itararé:

“O importante é ter acesso. A forma como isso se dará está em debate”. Com essas palavras, a presidenciável Marina Silva deixou em aberto o seu projeto para universalizar a banda larga no Brasil. A candidata foi sabatinada em relação ao tema na segunda edição do Diálogos Conectados, promovido pela campanha Banda Larga é um Direito Seu, nesta segunda-feira (22), em São Paulo.

Correios e os factoides contra Dilma

Por Paulo Moreira Leite, em seu blog:

Na triste coleção de denúncias sem base real, destinadas a criar fatos políticos capazes de prejudicar o governo Dilma na reta final do primeiro turno, será difícil encontrar um caso mais notável do que a distribuição pelos Correios de 4,8 milhões de panfletos no interior de São Paulo.

É o caso clássico da anedota do sujeito que se chamava João e morava em Niterói - até que se viu ele não se chamava João nem morava em Niterói.

Ibope admite larga vantagem de Dilma

Por Fernando Brito, no blog Tijolaço:

Seis na rodada anterior do Ibope, sete no Datafolha, agora nove pontos no resultado do Ibope divulgado agora à noite.

A vantagem de Dilma Rousseff sobre Marina Silva vem sendo “concedida” assim, a conta-gotas, no “limite da responsabilidade”.

O sertão virou Dilma

Por Miguel do Rosário, no blog O Cafezinho:

Preciso tomar cuidado senão vou ficar apenas analisando pesquisa, ao invés de colher informações novas, combater factoides, participar, enfim, do debate politico.

Entretanto, uma coisa que me incomoda em todas as pesquisas é a falta da comparação com os números anteriores. Por isso me dou ao trabalho constante de suprir essa lacuna.

Marina vai para o segundo turno?

http://pataxocartoons.blogspot.com.br/
Por Paulo Nogueira, no blog Diário do Centro do Mundo:

A pergunta que brota das pesquisas mais recentes é: Marina vai passar para o segundo turno?

Vistas as coisas em retrospectiva, Marina floresceu antes do tempo. E pode murchar exatamente às vésperas das eleições.

Marina plagia os EUA e ataca Cuba!

pigimprensagolpista.blogspot.com.br
Por Altamiro Borges

A candidata-carona Marina Silva não plagia apenas as ideias econômicas neoliberais dos tucanos – o que gerou comentários irônicos do próprio Aécio Neves. Ela também parece ter copiado a visão imperial do Departamento de Estado dos EUA para a América Latina. Em recente entrevista, a ex-verde atacou Cuba, dizendo que, se eleita, vai se empenhar pela “transição do atual regime para a democracia” – típica bravata da “diplomacia” ianque. Antes, ela já havia criticado o “modelo bolivariano” da Venezuela e de outros países do continente e a atual política externa brasileira de fortalecimento do Mercosul e da Unasul. Já o seu programa “plagiado” estabelece como prioridade reforçar os laços com os EUA.

Aécio terá de dar bicadas em Marina

Por Altamiro Borges

A pesquisa CNT/MDA, divulgada na manhã desta terça-feira (23), confirma que Aécio Neves terá de jogar no lixo os palpites marotos de FHC, seu guru político, e de Armínio Fraga, seu “ministro” da Fazenda, e partir para o ataque frontal contra Mariana Silva. Segundo a sondagem – que deve ser encarada como fotografia do momento e com a desconfiança que tais institutos merecem –, a ex-verde caiu 6,1% pontos e o tucano subiu 2,9 pontos. Os números do primeiro turno são: Dilma Rousseff com 36% das intenções de voto; Marina Silva com 27,4%; e Aécio Neves com 17,6%. O dado mais espantoso é o da queda vertiginosa da candidata-carona do PSB, o que dá novo folego ao cambaleante presidenciável do PSDB.

Pitbull da Veja atropelado na ciclovia

http://pataxocartoons.blogspot.com.br/
Por Altamiro Borges

A situação de Reinaldo Azevedo – pitbull da Veja e rottweiller da Folha – não está nada fácil. Recentemente, desanimado com o rumo da corrida presidencial, ele confessou a sua tentação de “ir criar galinhas”. Agora, ele acaba de ser atropelado numa ciclovia de São Paulo. Ao lado do vereador Andrea Matarazzo, o tucano das abotoaduras de ouro, ele virou o inimigo mais hidrófobo da proposta do prefeito da capital paulista de ampliação desta forma de transporte. Num texto no site da revista do esgoto, ele rosnou: “Haddad, o maníaco, agora quer a Bolsa Bicicleta: dar desconto de IPTU a quem incentivar o que os idiotas chamam de ‘bike’. E ainda faltam 833 dias para a gente se livrar dele...”.

Apogeu e queda de Marina Silva

http://pigimprensagolpista.blogspot.com.br/
Por Pedro Luiz Teixeira de Camargo (Peixe), no site Vermelho:

Faltam aproximadamente 15 dias para a eleição presidencial, talvez a mais disputada desde a redemocratização de nosso país. De um lado, as forças progressistas que há 12 anos estão no comando do executivo buscando implementar, mesmo que devagar, mudanças significativas nas relações sociais e políticas.

Por uma opinião pública democrática

Por Ana Paola Amorim, Juarez Guimarães e Venício A. de Lima, no Observatório da Imprensa:

A maioria dos brasileiros nos últimos anos, sem desertar de suas convicções democráticas, mas em razão mesmo delas, já construíram amplamente um diagnóstico crítico do modo de funcionamento do atual sistema político no Brasil e anseiam por reformas políticas. Há muitas evidências de que já está se firmando em um número cada vez maior de brasileiros a consciência de que também o sistema de comunicações de massas, privatizado, altamente concentrado e oligopolizado, não serve à democracia do país e precisa ser regulado a partir de princípios republicanos e pluralistas.

Banco Central e o quarto poder

Por Vagner Freitas

“Ora, Banco Central independente nos termos do Brasil é colocar um quarto poder na Praça dos Três Poderes.” Com essa frase, dita durante sabatina no programa Bom Dia Brasil desta segunda (22), a presidenta Dilma Rousseff encerrou o debate sobre a proposta de independência do BC feita pela candidata do PSB, Marina Silva.

Globo reage com poder econômico

Por Marcio Aurélio Mello, no blog Viomundo:

O “modus operandi” é o mesmo. “A vítima” ingressa com uma ação, ganha em primeira instância, um site publica a sentença e pronto, o serviço está feito. Que serviço? O assassinato de reputações. Dar publicidade à uma ação que ainda não transitou em julgado tem um impacto negativo sobre a imagem do “condenado”, impacto muitas vezes irreparável.

As “erratas” da Globo contra Dilma

Por Michel Arbache, no Jornal GGN:

Todo o mundo jornalístico já conhece o velho vício do jornalismo de opinião: não deixar ao espectador a chance de pensar; de tecer o próprio juízo sobre determinado assunto. Pois o que deve prevalecer, sempre, é a opinião do dono da mídia. Se, por exemplo, o dono da mídia é a favor da redução da maioridade penal, o telejornal não dará margem ao contraditório. É do jogo – ainda que isto seja perigoso à democracia, já que os donos da mídia costumam comungar as mesmas idéias. E quando isto acontece, é óbvio que a opinião pública refletirá a opinião de meia-dúzia de oligarcas que mandam no país. A despeito de todo esse jogo, o que o ‘Bom Dia Brasil’ (1), da Globo, fez hoje (22/09/2014) com a entrevistada, Dilma Rousseff, foi de uma baixeza comparável com a manipulação do debate em 1989 (2).

Credibilidade da mídia no fundo do poço

http://pigimprensagolpista.blogspot.com.br/
Do blog de Zé Dirceu:

Ideal seria que todos os brasileiros, pelo menos aqueles envolvidos com a política, a economia, o social, as atividades fins do país, mais os formadores de opinião tivessem acesso, pudessem ler e fazer essa análise hoje.`Pelo que veio e se viu no sábado e domingo passados, começamos uma semana e tanto para a credibilidade das revistas, por exemplo.

segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Quem “matou” Patrícia Poeta?

Por Altamiro Borges

Segue a polêmica sobre a estranha saída de Patrícia Poeta da bancada do Jornal Nacional. Apesar do comunicado oficial da TV Globo, que jurou que a troca já estava acertada há três anos [sic], ninguém parece acreditar e já surgem várias teorias sobre o episódio. Na semana passada, o colunista Daniel Castro, do site “Notícias da TV”, relatou que “William Bonner é apontado como pivô da queda”. Já na última sexta-feira (19), o site F5, a página de entretenimento da Folha, soltou uma bomba: “Saída do ‘Jornal Nacional’ teria relação com Carlinhos Cachoeira” – aquele famoso bicheiro de Goiás. Há ainda outras teses na praça. A estória até daria uma novela: Quem “matou” Patrícia Poeta?

Mídia já ensaia descartar Marina Silva

Por Altamiro Borges

Diferente de 2010, neste ano Marina Silva tem se revelado uma baita dor de cabeça para a mídia. Naquela eleição, o script já estava definido. Ela não tinha condições de ganhar e ajudou o tucano José Serra a chegar ao segundo turno. Já neste ano, o seu ingresso na disputa, encarado como “providência divina”, atrapalhou todos os planos. Num primeiro momento, a mídia até inflou sua candidatura, tentando repetir a jogada de 2010. Só que houve uma overdose de exposição e ela atropelou o cambaleante Aécio Neves. Mesmo desconfiada, a mídia decidiu apostar na aventura. Agora, porém, as pesquisas sinalizam que o “furacão” era passageiro. Diante desta nova realidade, a mídia já ensaia descartar Marina Silva.

Robson Marinho some do TCE e da mídia

Por Altamiro Borges

No início de setembro, a Justiça de São Paulo manteve a decisão que afastou o conselheiro Robson Marinho do Tribunal de Contas do Estado (TCE). A 12ª Câmara de Direito Público rejeitou o pedido feito pela defesa para que o grão-tucano retomasse às suas funções. Segundo a desembargadora Isabel Cogan, nada justificaria reverter a decisão provisória, que se baseou nas denúncias de envolvimento de Robson Marinho no chamado “trensalão tucano”, o esquema bilionário de propinas envolvendo multinacionais do setor de transporte e secretários de todos os governos do PSDB nos últimos 20 anos. Abraçando a decisão da Justiça, a mídia também resolveu afastar o tucano de suas páginas.

PSDB já recalcula tamanho do partido

Por Hylda Cavalcanti, na Rede Brasil Atual:

Não há mais como postergar o debate. Com a possibilidade de perder a eleição para a presidência da República pela quarta vez consecutiva (2002, 2006, 2010 e 2014) e de ficar fora do segundo turno pela segunda vez na história (a primeira foi em 89), o PSDB precisará ser repensado. Reconstruído em relação às lideranças e, principalmente, quanto ao futuro que se espera para a legenda. Essa é a opinião de parlamentares, sociólogos, cientistas políticos e acadêmicos, que têm discutido o assunto nos últimos dias.