terça-feira, 12 de outubro de 2010

Paulo Preto com o tucano. Serra mentiu!




Por Altamiro Borges

No debate da Band, a candidata Dilma Rousseff deixou o demotucano desnorteado, nas cordas, ao citar Paulo Vieira de Souza, ex-diretor do Dersa, também conhecido como Paulo Preto, que teria sumido com R$ 4 milhões do caixa-2 da campanha serrista. Ele é o típico homem-bomba, com vasta ficha corrida:

a) Diretor de Engenharia do Dersa, ele comandou as grandes obras da gestão Serra, como o Rodoanel, que reúne inúmeras suspeitas de superfaturamento;

b) Em 2001, Paulo Preto foi assessor da Casa Civil de FHC;

c) Ele mantem fortes laços políticos e pessoais com Aloysio Nunes, o braço direito de José Serra;

d) Paulo Preto emprestou R$ 300 mil a Aloysio Nunes em 2007 para que este adquirisse um apartamento em Higienópolis;

e) A sua filha, Priscila de Souza, é advogada de várias empreiteiras contratadas pelo governo Serra para a construção do Rodoanel;

f) Em junho de 2010, Paulo Preto foi preso na loja Guci, em São Paulo, por receptação de bracelete de brilhante roubado da própria loja;

g) Na atual campanha presidencial de José Serra, Paulo Preto arrecadou e sumiu com R$ 4 milhões do caixa dois tucano, segundo denúncia da revista "IstoÉ";

d) Por fim, Paulo Preto é investigado pela Polícia Federal por suspeita de propina recebida da Camargo Correa.

O homem-bomba ameaça

Diante da porrada de Dilma Rousseff, o candidato José Serra se apresssou em dizer que não conhecia o homem-bomba. Num evento em Goiânia, o demotucano garantiu: "Não sei quem é Paulo Preto. Nunca ouvi falar".

Indignado e temendo ser lançado às feras, o ex-operador tucano resolveu sair da clandestinidade e ameaçou. "Ele (Serra) me conhece muito bem... Todas as minhas atitudes foram informadas a Serra... Não se larga um líder ferido na estrada...Não cometam esse erro", advertiu Paulo Preto numa entrevista à Folha.

Em Aparecida, Serra ajoelha e mente

Agora, diante das ameaças e da revelação de fotos, Serra recuou descaradamente. No UOL, ele saiu às pressas em defesa do ex-diretor da Dersa. “Essa acusação contra ele é injusta porque não houve desvio por parte de ninguém, nem do Paulo Souza”, disse Serra após missa em Aparecida, no interior de São Paulo. “Ele é totalmente inocente nessa matéria", completou. Diante do altar, o demotucano ajoelhou e mentiu novamente.

.

6 comentários:

Anônimo disse...

Parece que a mascara do grande lobo começa a cair. Precisamos desvendar esse mistério para que o povo brasileiro não seja enganado.

Anônimo disse...

Nossa Isso é Muito Grave, e Porque o Grande Mídia Como Globo, SBT e Band Não Estão Divulgando Tal Escandalo!? Pois No Caso Da Casa Civil Cairam Em Cima Com Força Total, Cadê a Imparcialidade, Tem Que Investigar Doa a Quem Doer.

nilce disse...

Engraçado alguém achar que "agora a máscara começa a cair", pois de que é um mentiroso nós já sabíamos. Quem foi que no debate da Record respondendo a Bóris Casoy, garantiu que não iria deixar o posto para candidatar-se a governador, e o fez logo em seguida, sem o menor excrúpulo ? Primeiro ele deixou o cargo de prefeito para candidatar-se a governador, depois deixou o de governador para candidatar-se a presidente. Diz ter sido o "melhor ministro da saúde que o Brasil já teve", mas não indica a fonte de tal avaliação. Se diz autor do seguro desemprego, que foi obra do governo Sarney, do qual, ao que se saiba, nem sequer participou. Ele só fala mentiras, há muito tempo.

Anônimo disse...

Eu acho que
até o Serra já
anda acreditando nêle mesmo.

Anônimo disse...

SERRA É UM TREMENDO DE UM MENTIROSO E O PAULO PRETO E UM TREMENDO DE UM LADRAO !

Anônimo disse...

Esta provado pra todo mundo que tenha olhos e/ou ouvidos que tanto o Serra como a Dilma possuem o rabo preso com muita gente.
Então porque ainda continuam defendendo o sujo contra o mal-lavado?
Vem ano e passa ano e o Brasil continua na mesma miséria horrorosa que é hipocritamente enfeitada por uma minoria rica através da mídia, então porque não nos unimos de uma vez para eleger um cadidato realmente íntegro, que não possuia o apoio de grandes marketeiros e milionárias campanhas políticas??
Será que é dificil perceber que esses dois candidatos, e a maioria que aparece na televisão, representam a mesma coisa, apenas separados por uma cor partidaria, isso mesmo, porque hoje em dia não existem mais partidos que defendem uma ideologia eles apenas defendem interesses e se diferenciam pela cor, de dois pontos de vista diferentes?