terça-feira, 21 de junho de 2016

Haitianos respondem a Luciano Huck



Da revista Fórum:

Um grupo de haitianos que mora em Curitiba publicou nesta segunda-feira (20) um vídeo na internet em protesto contra a exploração da imagem de pobreza do Haiti. A iniciativa surgiu depois de uma reportagem veiculada na TV Globo no intervalo do jogo que o país disputava com a seleção brasileira de futebol, no dia 8 de junho. As imagens mostradas seriam apenas do bairro Cite Soleil, na capital Port-au-Prince, conhecido pela miséria e a violência.

A matéria também teria usado imagens de 2004, período em que o país passava por graves problemas políticos, e de 2010, quando foi devastado por um terremoto. E, segundo os haitianos, a Globo ignorou qualquer aspecto positivo da região. O apresentador Luciano Huck chegou a dar uma declaração sobre sua experiência no Haiti. “Depois do que vi, acho que a humanidade não deu certo”, disse.

A afirmação causou revolta entre os imigrantes, que acreditam que, com essa atitude, a emissora reforça a xenofobia e outras dificuldades já enfrentadas por eles fora de sua nação de origem. A princípio, a ideia era escrever uma carta a Huck, que depois virou um vídeo com a ajuda do fotojornalista Brunno Covello e de alunos da Universidade Federal do Paraná (UFPR).

4 comentários:

Orlando Freitas disse...

Luciano Huck não faz parte da realidade vivida pelos haitianos e nem da dos brasileiros pobres. Pra ele a humanidade que deu certo é a elite endinheirada e egoísta que é geradora do caos que ele viu no Haiti. Tenho certeza de que os haitianos vivem bem melhor sem o Luciano Huck.

Vida Real disse...

Gostaria de ouvir Haitianos que moram no próprio País! Vcs moram no Brasil por uma vida melhor!! Acho que o Luciano Hulk viu o real ou seja.. Ou seja ... os Haitianos que ainda vivem lá! Tem coisas boas! Claro que sim! Mas sabemos a realidade dos que tiveram que largar o Haiti!

Júllio Machado disse...

Uma coisa é certa:"a humanidade não deu certo", o comentário do Luciano muito menos.

Anônimo disse...

Ué! Eu achei que era só de Cuba que as pessoas fugissem. Aliás deveriam comparar Cuba não com a Escandinávia e sim com os outros países da região mas que fazem parte do "mundo livre", não sofreram embargo economico e nem cerco politico e militar como Haiti,Guatemala,El Salvador,Honduras...