domingo, 17 de julho de 2016

Datafolha sob encomenda para salvar Temer

Por Altamiro Borges

A pesquisa Datafolha divulgada neste domingo (17) parece que foi feita sob encomenda para socorrer o Judas Michel Temer nas semanas decisivas da votação do impeachment da presidenta Dilma no Senado. Tudo é feito para justificar o “golpe dos corruptos” e para criar um clima favorável à máfia que tomou de assalto o Palácio do Planalto. Com base na suspeita sondagem, a Folha – que pertence ao mesmo grupo empresarial – destaca na manchete: “Cresce o otimismo na economia”. Outro texto enfatiza: “Para 50% dos brasileiros, Temer deve ficar; 32% pedem a volta de Dilma”. O jornal da famiglia Frias, que viu a sua tiragem derreter nos últimos anos, talvez deseje elevar a sua fatia no bolo publicitário do governo golpista. Haja jornalismo chapa-branca!

Um leitor mais atento, que não se enquadra na patética categoria dos “midiotas”, logo percebe as malandragens da Folha. Ao mesmo tempo em que enfatiza que “as expectativas sobre o futuro da economia do país deram um salto nos últimos meses” e que “os brasileiros estão mais confiantes em relação à queda da inflação, à diminuição do risco de ficar desempregados e ao aumento do poder de compra”, o jornal registra que 60% dos entrevistados avaliam que a situação do emprego e da inflação vai piorar nos próximos meses. A contradição – ou manipulação – é evidente! Na prática, como indica a matéria, os únicos que estão confiantes no futuro da economia são os tais “agentes do mercado” – os mesmos que orquestraram e financiaram o “golpe dos corruptos”.

Exercendo o seu papel de partido político, o jornal da famiglia Frias usa o resultado da sua sondagem para orientar os golpistas. “O governo Temer ainda não produziu mudanças profundas na economia que justifiquem o otimismo dos brasileiros revelado na pesquisa. Para serem atacados, os grandes problemas macroeconômicos de fundo, como o insustentável aumento da dívida pública provocado por déficits fiscais crescentes, além do rombo na Previdência, dependem de medidas impopulares a serem aprovadas no Congresso. E embora a pesquisa mostre algum otimismo em relação ao futuro do mercado de trabalho, a taxa de desemprego atingiu 11,2% no trimestre encerrado em maio e é provável que continue a subir mais nos próximos meses antes de cair”.

Já no que se refere ao quadro político, a pesquisa Datafolha foi feita sob encomenda para justificar o voto favorável dos senadores ao impeachment de Dilma. Ao mesmo tempo em que destaca que 50% dos brasileiros são favoráveis à permanência do usurpador no cargo, ela registra que o Judas Michel Temer conta com apenas 14% de aprovação entre os entrevistados. Outra baita contradição – ou manipulação! O próprio jornal golpista reconhece: “Na primeira avaliação do governo Temer realizada pelo Datafolha, o interino tem, dois meses depois de assumir, uma taxa de aprovação similar à de Dilma antes de deixar o cargo – 14% consideram sua gestão ótima ou boa. No início de abril, 13% tinham a mesma opinião sobre o governo Dilma”.

A presidenta eleita democraticamente pela maioria dos brasileiros foi bombardeada diária e covardemente pela mídia privada desde a sua posse em janeiro de 2015. Ela não teve um segundo de tranquilidade, num processo criminoso de desestabilização econômica e política. Já o Judas Michel Temer – que montou um “ministério de notáveis” corruptos e ameaça destruir os tímidos avanços sociais dos últimos anos – é protegido pela imprensa chapa-branca. Mesmo num quadro tão adverso como este, “32% achariam melhor que Dilma retornasse ao Palácio do Planalto” e outros 18% não opinaram sobre a marota pergunta. Ou seja: a situação do Judas Michel Temer não é assim tão tranquila na votação do impeachment no Senado. Daí a forcinha dada pela Folha chapa-branca!

*****

Leia também:


3 comentários:

Dilma Coelho disse...

Me assusta, ainda, é que alguém possa acreditar nessa pesquisa da datafalha. Estou de baixo astral desde a eleição da câmara, onde o PT e o PCdoB ajudaram a eleger aquele golpista do maia. Agora vem essa pesquisa fajuta. Paciência a todos as pessoas sérias da esquerda

xiru pitanga disse...

Data Folha é adversário do povo, serve aos interesses de uma oligarquia rica, integrando uma força midiática conhecida por PIG.
Em meio a tantos insultos a esquerda aparecem pesquisas, e a esquerda insultada não deve acreditar, é sempre mais um insulto.
A constituição é clara, vale o que a livre determinação do povo, que a constituinte de 88 escreveu.
Dilma, a presidenta, é o maior símbolo da "Virtude Constitucional" do Brasil, definido numa discussão democrática com mais de 100 milhões de eleitores. A maioria, conforme as regras constitucionais escolheu ela.

Este comportamento antidemocrático, parece com marido embriagado, num ponto de ônibus, falando mal da família.

Renan Altair Nardi disse...

Não acho que o atual governo seja constituído por santos. Mas que dizer da corrupção e propinas das estatais destinadas majoritariamente ao PT e seus representantes com o fim de se perpetuarem no poder ? Aqueles que sempre nada sabiam. Na minha opinião a parte pior da quadrilha já foi. Temos ainda a outra parte para despachar. O povo decidirá.