sábado, 1 de outubro de 2016

Manifesto de jornalistas em apoio a Haddad

Reeleição de Haddad é parte do restabelecimento da democracia ameaçada

O jornalismo deve apresentar os fatos da maneira mais objetiva possível. No entanto, temos visto cotidianamente versões, opiniões, distorções ou, mesmo, invenções sendo divulgadas como fatos.

Esta postura é alimentada pela direção de grandes veículos de comunicação que não agem segundo as normas do bom jornalismo mas, sim, motivados por interesses políticos, ideológicos ou econômicos, o que tem causado danos à reputação, credibilidade, imagem e, até mesmo, integridade física de alguns profissionais que são agredidos durante coberturas jornalísticas.

É preciso dar um basta a esta situação.

O quadro político estabelecido pelo “golpe do impeachment” que cassou a vontade soberana do povo ao retirar do poder a presidenta Dilma Roussef tende a agravar a situação. As eleições municipais em curso estão inseridas neste contexto político.

Para superar esse estado de coisas é imperioso que as capitais e as grandes cidades – foco principal dos conflitos – sejam administradas por políticos comprometidos com os valores democráticos e que se oponham à degradação política agora em curso.

Neste sentido, nós, jornalistas abaixo-assinados, consideramos que, em São Paulo, a eleição de uma bancada progressista na Câmara Municipal, acompanhada pela recondução de Fernando Haddad ao cargo de prefeito é um passo fundamental para abrir caminho ao pleno restabelecimento da democracia ameaçada.

Em última instância, trata-se também de salvaguarda necessária ao pleno exercício da nossa profissão.

São Paulo, setembro de 2016.

Assinam:

Agildo Nogueira Júnior

Altamiro Borges – Editor do Blog do Miro

Ana Flávia Marx

Ana Minadeo - Diário Oficial

Camilo Vannuchi

Cândida Maria Rodrigues Vieira – Assessora de Imprensa

Cidoli

Conceição Lemes

Edvaldo de Almeida

Evany Sessa – TV Cultura

Fabiana Caramez

Fernanda Soares

Glauco Braga – Tribuna de Santos

Guto Camargo – vice-presidente da Fenaj

José Eduardo de Souza

Lilian Parise

Marcos Aparecido Rodrigues Alves

Michele Barros

Palmério Doria – jornalista e escritor

Peter Suzano

Renato Rovai – editor da revista Fórum

Sérgio de Carvalho Alii

Simão Zygband – jornalista free-lancer

Wladimir Miranda – repórter do DC

* Aberto a novas adesões

1 comentários:

Jose Augusto Camargo disse...

A lista aumentou. Durante o dia de hoje outros jornalistas entraram em contato e também aderiram ao texto.