sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Guerra civil bate às portas da Globo

Por Miguel do Rosário, no blog Cafezinho:

Esse é o resultado do caos político e econômico promovido pela Globo, principal artífice do golpe.

A Globo daqui a pouco vai defender a convocação do exército dos Estados Unidos, para reprimir a convulsão social causada pela narrativa golpista que impôs ao Brasil.

Se a narrativa é de que todos os políticos são bandidos, então a população – sobretudo suas franjas marginalizadas – começa a absorver o entendimento de que não precisa seguir a lei.

No Espírito Santo, teve até candidata a vereadora do PSDB participando de saque a supermercado…

Juízes estão cassando mandatos, impedindo posse de ministros, prendendo gestores públicos sem provas.

A Lava Jato, por sua vez, quebrou empresas situadas no núcleo econômico-industrial do país, provocando um efeito sistêmico que ameaça tragar toda a economia nacional. O desemprego dobrou desde o início da operação.

O governo, por sua vez, está destruindo o mais rápido que pode o BNDES (que voltou a ser um banco usado apenas para financiar a venda de patrimônio público), a Caixa, o Banco do Brasil e a Petrobrás.

Estas são as consequências esperadas do golpe: convulsão social, massacres em presídios, desespero nas periferias, violência crescente, falência de empresas, estados e municípios.

A Globo, enquanto isso, ganha milhões do governo Temer para veicular propaganda partidária, a qual deveria inclusive ser proibida pelo judiciário. Mas o judiciário também aderiu ao golpe e agora, com a crise, entrou numa crise existencial profunda, e enlouqueceu.

*****

No Brasil 247

SEDE DA GLOBO É ATACADA A TIROS NO ESPÍRITO SANTO

Sede da Rede Gazeta, afiliada da Globo, em Vitória, foi atingida por tiros na madrugada desta quinta-feira, 9. Quatro disparos foram efetuados em direção a um auditório que serve como local de reuniões; tiros atingiram as vidraças que ficam voltadas para uma das ruas do entorno da Rede Gazeta; seguranças da empresa fizeram uma ronda pelo prédio e encontraram os cartuchos deflagrados, de calibre .40

9 DE FEVEREIRO DE 2017 ÀS 16:40 // RECEBA O 247 NO TELEGRAM Telegram

247 – A sede da Rede Gazeta, afiliada da Globo, em Vitória, foi atingida por tiros na madrugada desta quinta-feira, 9. Quatro disparos foram efetuados em direção a um auditório que serve como local de reuniões.

Os tiros atingiram as vidraças que ficam voltadas para uma das ruas do entorno da Rede Gazeta. Seguranças da empresa fizeram uma ronda pelo prédio e encontraram os cartuchos deflagrados. Eles eram de armamento .40.

Em entrevista ao telejornal Bom Dia ES, da própria emissora, o secretário de Segurança Pública do Espírito Santo, André Garcia, afirmou que as balas serão encaminhadas para perícia e poderão ser rastreadas caso tenham sido disparadas por armas que pertencem às forças de segurança do Estado.

As informações são do jornal Estado S. Paulo.

1 comentários:

Wanderley Medeiros disse...

Está com cheiro de uma convulsão, com sequelas gravíssimas para a nação brasileira e por muitos anos. Situação bem pior que a de 64.