quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Fascista mirim ataca Janio de Freitas

Por Altamiro Borges

O fascista mirim Kim Kataguiri – também já apelidado carinhosamente de “Kinta Katiguria” – resolveu utilizar o espaço semanal gentilmente cedido pela Folha golpista para criticar um dos jornalista mais respeitados do país, o veterano Janio de Freitas. Ainda sem explicar as origens da grana do seu sinistro Movimento Brasil Livre (MBL), o fedelho afirma que “Janio de Freitas vive num mundo paralelo” por criticar a gangue que assaltou o poder em Brasília. Ele até parece um porta-voz infantil, “recatado e do lar”, do Judas Michel Temer – sabe-se lá a que preço.

Seu artigo apenas revela o desespero dos golpistas, que têm sido cada dia mais questionados – inclusive pelos “coxinhas” que saíram às ruas para gritar “Fora Dilma” e agora já percebem que foram usados como massa de manobra, como autênticos “patos amarelos”. Sua irritação é porque Janio de Freitas escreveu, também na Folha, que o resultado da ação da “direita marchadora” foi um governo lotado de corruptos – alguns deles inclusive já defecados. A dura verdade, como uma porrada, atingiu em cheio o vaidoso líder mirim da “direita marchadora”.

Daí a sua reação agressiva e infantil. Num dos trechos, Kinta Katiguria esbraveja contra Janio de Freitas. “O jornalista ainda chama Dilma de ‘presidente de reconhecida honestidade’, insistindo na imagem de ‘guerrilheira incorruptível’, criada em torno da petista para enganar a militância quadrúpede”. Noutro ele tenta justificar seu apoio militante, "quadrúpede", ao covil golpista. “Aqueles que foram às ruas para lutar pelo impeachment de Dilma Rousseff não escolheram Michel Temer. Quem escolheu foi a Constituição”.

“De qualquer maneira, o governo Temer está sendo infinitamente melhor do que os governos petistas. Para começar, a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) do teto foi aprovada. O país firmou um compromisso com a responsabilidade fiscal que vai além do atual governo... O governo também conseguiu aprovar a reforma do ensino médio, que dá maior poder de escolha aos estudantes e estava travada há anos. Além disso, temos a perspectiva de debater reformas como a trabalhista, tributária, política e previdenciária, questões cuja discussão tinha sido praticamente criminalizada pelo PT”.

Haja bajulação, falsidade e cinismo – sabe-se lá a que preço!

5 comentários:

Erdnaldo disse...

Não vale a pena nem dar espaço para uma inutilidade como o cataguri...

GilsonSampaio disse...

Se a fôia ditabranda permitiu a publicação é sinal que Janio está com os dias contados. Duvidam?

getulio COSTA disse...

Como a nulidade de pensamento criou seu valor.

dilamar santos disse...

e a folha também...

J. Sculder disse...

Kim é o tipo de cara que merecia apanhar. Como não é possível, o melhor é desprezá-lo. Acabei de ler a coluna e fiquei estarrecido com a cara de pau. Ele ajusta seu discurso de forma inacreditável. O que era certo em relação à Dilma vira errado em relação a Temer e vice-versa. É o colunista da conveniência. Tremendo mau caráter.