quarta-feira, 15 de junho de 2016

Merval põe a faca no pescoço do STF

Por Fernando Brito, no blog Tijolaço:

Foi no melhor estilo do “estou falando com os meus capangas do Mato Grosso”.

Merval Pereira entra de sola sobre o STF dizendo que se a corte mudar o entendimento sobre a pena ser executada a partir da segunda instância, “a opinião pública vai achar que há um conluio, de alguma maneira, com os políticos ameaçados pela Lava-Jato, especialmente agora que o ex-presidente Lula foi para a primeira instância.”

Como é, Merval? Lula nem réu ainda é, mas você está convencido de que tudo será tão “rapidinho” lá com o Dr. Moro que já tem de se pensar na condenação de 2ª instância? Sim, porque não dá para prender de imediato quem nem sequer no Governo está, para poder alegar-se que está obstruindo a justiça. Pode prender por uns dias, para fazer as costumeiras exibições de poder, mas não se sustentará tal ordem.

Mas Merval é peremptório: "Se acontecer essa mudança, não há chance de convencer que (não) foi uma coisa arranjada para beneficiar Lula e outros políticos que estão à beira da condenação. Além disso, vários que estão se preparando para fazer delação premiada, como Leo Pinheiro e Marcelo Odebrecht poderão desistir, porque terão mais tempo para retardar o mais possível a condenação final".

E o mais alto magistrado do país, do alto de sua toga global, emite logo seu impiedoso veredito: “Será uma pá de cal na credibilidade do STF".

Será mesmo necessário que o Supremo analise a questão que sempre foi a tradição brasileira de só recolher à prisão que não tem mais recurso a que apelar em liberdade?

Merval já deu a sentença, Ministros. Favor obedecer-lhe.

1 comentários:

Augusto fonseca disse...

Esse cara e o câncer do paiz e da democracia. .porque esse povo tem tanto medo dele ....?