sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Luciano Huck, paga a multinha!

Por Altamiro Borges

O apresentador Luciano Huck, da TV Globo, ainda está esperneando para não pagar uma multa de R$ 40 mil por ter cercado com boias e sem autorização dos órgãos competentes uma praia próxima a sua mansão na Ilha das Palmeiras, em Angra dos Reis (RJ). Mas o Ministério Público Federal (MPF) não quer deixar o pobretão em paz, segundo matéria do Jornal do Brasil nesta quinta-feira (16). Pelo jeito, ele terá que apelar para os seus poderosos amigos no covil golpista de Michel Temer - em especial, para o cambaleante Aécio Neves, seu compadre de tantas baladas e apurações eleitorais desastrosas.

De acordo com a reportagem, "o Ministério Público Federal (MPF) quer que o apresentador da TV Globo Luciano Huck pague a multa de R$ 40 mil por cercar com boias e sem autorização a faixa costeira próxima a sua casa na Ilha das Palmeiras, em Angra dos Reis (RJ). O réu foi condenado em segunda instância, mas recorreu ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) para rediscutir a punição. A ação movida pelo MPF na costa verde fluminense afirma que a atividade de maricultura alegada pelo réu seria um pretexto para 'legitimar a apropriação de bem de uso comum do povo', o que é vedado pelos dispositivos legais. Na sentença em primeira instância, de 2011, a Justiça Federal determinou que Luciano Huck desmontasse a estrutura e pagasse a indenização por danos materiais e imateriais, além de multa diária caso descumprisse a decisão".

"Em manifestação ao STJ, a Procuradoria Regional da República da 2ª Região defende a rejeição do recurso de Huck por tratar-se apenas de 'medida de inconformismo, caracterizando mera insatisfação do réu com a sentença'. Para a procuradoria, o fato de o delito e sua pena já terem sido discutidos e confirmados pelo juiz de primeira instância e pelo Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2) invalida a intenção do condenado de reformar a sentença. 'Não se pode confundir decisão contrária aos interesses do réu com ausência de fundamentação por parte do judiciário ou cerceamento do direito de defesa', contesta o procurador regional Jaime Arnoldo Walter em seu parecer".

A multinha de R$ 40 mil não deve pesar muito no bolso do apresentador da TV Globo. Segundo os sites de fofocas da mídia, Luciano Huck recebe mensalmente cerca de R$ 1 milhão em salários por sua participação no programa "Cadeirão" aos sábados. Já a sua esposa, Angélica - que também deve usufruir dos prazeres da mansão em Angra dos Reis - ganha R$ 400 mil por mês como apresentadora do programa "Estrelas", também aos sábados. Além dos salários, o casal da TV Globo ainda ganha uma fortuna com contratos publicitários, cujos valores são mantidos em sigilo.  Luciano Huck ainda tem participação em várias empresas. Ou seja: dá para pagar a multinha por invadir uma área pública!

5 comentários:

Carlos disse...

Eu não pagava. O estado brasileiro não merece ser respeitado já que ele não te respeita

Glauco disse...

É a partir de pessoas como você, eu, nossos familiares, vizinhos, amigos, colegas de trabalho, enfim, de todos os cidadãos brasileiros, que o Brasil existe como um país, como uma Nação. O Brasil existe porque nós existimos, o Estado Brasileiro é formado pelo povo brasileiro. Então, se você como cidadão brasileiro acha que um outro cidadão não deve pagar por uma infração que ele cometeu porque o Estado não o respeita, é porque no seu caso você não costuma arcar com as consequências dos seus erros perante a sociedade, perante o Estado. Se você, quem sabe num futuro, for candidato a algum cargo eletivo e consiga ser eleito, pela sua lógica você também não irá respeitar a população.

Marcio Marconato disse...

Carlos, vc coloca a questão como se envolvesse somente o governo e o apresentador. Não é. Envolve toda uma coletividade que está sendo privada de usufruir de um bem comum. Repense.

strunfim disse...

Sáo poucos os integrantes do Judiciário, do MP com coragem para condenar "o pessoal da GLOBO".
Luciano Huck devia ser preso, caso se recuse a pagar a multa.
Tenho amigo que por não pagar multa determinada pelo Juiz por dirigir sem habilitação (coisa de R$ 200,00) foi preso.

Ralph Panzutti disse...

Pois é. Esses que foram para rua de camisa amarela gritar: Fora Dilma e a classe média aspirante , aquela que come mortadela e rota peru aderiu. E ai. Huck continua usufruindo de seu patrimônio, enquanto esta classe média aspirante de rico, está tirando filho da escola , por que não pode pagar e mudando de planos de saúde mais baratinho.