segunda-feira, 23 de fevereiro de 2009

Mainardi pedirá a cabeça de Jabor?

Karen Kupfer, da revista de fofocas Quem, da Rede Globo, publicou há poucos dias uma notinha reveladora sobre a relação promíscua entre jornalistas e políticos: “Para comemorar o sucesso do programa Saia Justa, Suzana Villas Boas abriu sua casa no Alto de Pinheiros para uma festança daquelas. A turma de convidados, que também era recebida por Arnaldo Jabor, marido de Suzana, reuniu políticos, artistas e jornalistas. O candidato José Serra, para quem Suzana presta assessoria, foi prestigiá-la. Ficou um pouco e trocou idéias com alguns jornalistas”. Luís Frias, presidente do Grupo Folha, também participou da festança, “que ferveu na pista até o sol raiar”.

No mesmo período, a colunista Hildegard Angel escreveu no Jornal do Brasil outra nota curiosa: “Elmar Moreira, irmão de Edmar Moreira [o deputado dos demos que ficou famoso pelo castelo construído no interior mineiro], é casado com Ana Leitão, irmã de Miriam Leitão” – a jornalista da TV Globo famosa por seus palpites furados sobre economia, pela adoração ao deus-mercado e pela oposição doentia ao governo Lula. O interessante neste caso é que a colunista global, metida a sabe-tudo, nunca descreveu aos seus telespectadores os detalhes do luxuoso castelo demo.

Artista global com Kassab

Para encerrar a série sobre as relações indecentes entre jornalistas e políticos da direita, a sempre atenta Mônica Bergamo, uma das raras exceções do jornal Folha de S.Paulo, revelou no início de fevereiro: “O marido de Ana Maria Braga [estrela da TV Globo e do finado movimento golpista ‘Cansei’] é o mais novo colaborador da administração Gilberto Kassab (DEM-SP). Candidato derrotado à Câmara Municipal, Marcelo Frisoni vai assumir um cargo de ‘coordenação’ na Secretaria de Modernização, Gestão e Desburocratização” da prefeitura paulistana.

Dias antes, Bergamo foi ameaçada pelo marido brigão da artista global, que o irônico José Simão batizou de “Ana Ameba Brega”. Frisoni se irritou com a pergunta sobre o pagamento da pensão alimentícia para os dois filhos do seu casamento anterior: “Publica o que quiser. No dia seguinte, vou à redação dessa bosta de jornal e encho essa Mônica Bergamo de porrada na frente de todo mundo... A única pessoa que tentou ferrar comigo foi o Madrulha [ex-marido da apresentadora da TV Globo] e eu acabei com ele. Hoje ele é secretário de cachorro e não consegue mais nada”.

Cadê o “tribunal macartista” de Mainardi?

Deixando de lado as baixarias dos “famosos”, o que chama a atenção nestas notinhas é a relação obscena entre figurões da TV Globo e políticos da direita demo-tucana do país. Outra estrela da poderosa emissora, o filhinho de papai Diogo Mainardi, criou no início do mandato de Lula o seu “tribunal macartista mainardiano”, no qual promoveu abjeta cruzada contra alguns profissionais da imprensa. “A minha maior diversão é tentar adivinhar a que corrente do lulismo pertence cada jornalista”, explicou o troglodita na sua coluna de estréia na revista Veja, em dezembro de 2005.

Aos poucos, Mainardi dedurou alguns colunistas mais independentes. “Tereza Cruvinel é lulista. Dessas que fazem campanha de rua. Paulo Henrique Amorim pertence à outra raça de lulistas. É da raça dos aloprados, dos lulistas bolivarianos. Acha que a primeira tarefa do lulismo é quebrar a Globo e a Veja”, atacou. O caso mais famoso desta cruzada fascista foi o do jornalista Franklin Martins, acusado levianamente de possuir uma “cota de nomeações pessoais no serviço público”. Após longo bate-boca, a TV Globo preferiu apoiar o delator direitista e demitiu Franklin Martins.

Perguntar não ofende: será que Mainardi, “difamador travestido de jornalista”, fará barulho agora contra seus amiguinhos da TV Globo que gozam das intimidades demo-tucanas. Pedirá a cabeça de Arnaldo Jabor, cuja esposa é assessora do presidenciável tucano José Serra, freqüentador de sua mansão? Criticará a “cota de nomeações pessoais no serviço público” da cansada Ana Maria Braga? Pedirá detalhes picantes do castelo dos demos à “ortodoxa” Miriam Porcão – ou melhor, Leitão? Ou todos juntos – Jabor, Leitão, Ana Maria Braga e o macartista Mainardi – fazem parte do esquemão montado pela TV Globo para viabilizar a vitória do tucano José Serra em 2010?

10 comentários:

AF STURT disse...

BORGES ,CONCERTEZA A MIDIA BRASILEIRA E A DIREITA JA ESTÃO TRAÇANDO ESTRATEGICAS PARA ILUDIR E MANIPULAR A OPINIÃO PLÚBICA.
E OLHA DE OS ESQUERDISTAS,SEJAM OS LULISTAS OU SOCIALITAS-COMUNISTAS ,RESISTIREM POIS SE NÃO TEREMOS NEO LIBERAL NO PODER EM 2010.
LI UM TEXTO NO BLOG SÃO JOÃO DEL PUEBLO QUE FAZ TODO SENTIDO,POR FALAR O BLOG É UMA PAGINA DO PARTIDO IRMÃO DE VCS DO PC DO B ,O PCB.
MAS A QUESTÃO É : POR QUE A ESQUERDA BRASILEIRA,ATE MESMO O PT, NÃO TEM UM MEIO DE COMUNICAÇÃO DO SEU LADO?OU DO LADO DA ESQUERDA?
APENAS EXISTEM BLOGS,SITES E JORNAIS DESCONHECIDOS,ALÉM E CLARO DAS REVISTAS QUE POUCO CHEGA A UM NUMERO PEQUENO DA SOCIEDADE ESQUERDISTA...QUAL A CAUSA DISSO?
SO INCLUINDO HA TAMBEM O PORTAL VERMELHO ,QUE CONHECI A POUCO TEMPO ,QUE PARA MIM FOI UMA BOA INICIATIVA DE VCS AI DO PC DO B,MAS É MUITO POUCO.SO ESPERO QUE VC PLUBIQUE O COMENTARIO E DESCUTA A QUESTÃO DO ESQUERDISMO BRASILEIRO NÃO TER UMA MIDIA DEFEDENDO SUAS IDIAS?SE PUDER ME RESPONDA,GOSTARIA DE SABER SUA OPINIÃO!!!
ABRAÇOS...

Júlio Pegna disse...

Altamiro;
Se me permite, vou recomendar teu blog no meu!
É fundamental que tenhamos instrumentos, como este, para arrancar a máscara da mídia mais comprometida no planeta!
Abs

Júlio Pegna
SANDALIAS DO PIRATA
http://sandaliasdopirata.blogspot.com

Haroldo disse...

Há uma nota no blog do Azenha dizendo que essa notícia é do início da década. Você confirma isso?

Bernardo Meditsch disse...

Só não entendi as aspas para "difamador travestido de jornalista" ao se referir ao "jornalista" Diogo Mainardi. De resto, blog nota 10, de esquerda MESMO!

Dan disse...

Parabens pelo seu blog!!!
tava na hora de alguem fala desse bosta de diogo mainardi...

Anônimo disse...

Altamiro, creio que você tenha notado que Diogo comentou sua postagem na última coluna dele (http://veja.abril.com.br/idade/exclusivo/040309/mainardi.shtml). Como você, sou contra o Diogo, mas é preciso que você faça uma errada o quanto antes a respeito da nota da Karen Kupfer que disse ter sido publicada há poucos dias, pois, de fato, ela foi publicada há sete anos, no número 100 de Quem (http://quem.globo.com/edic/100/karen.htm).

Em todo caso, ele te deixa uma brecha para comentar sobre a praxe dele de desprezar cidades brasileiras, principalmente se fora do eixo Rio-São Paulo. Vide o quão depreciativo ele foi ao usar as cidades de Itaituba, Quatipuru e outras. Cuiabá já conhece esse expediente.

Movimento Avançar disse...

Caro Miro,

Acabo de ler a coluna, perdão, o jato de esgoto semanal do Di-OGRO Mainardi na "Enoja" desta semana, tentando responder a essa sua postagem. Nunca vi réplica mais pífia! O imbecil limita-se a fazer troça com seu nome e o de cidades do Pará, e fiquei imaginando quanto leitores saberão que o patusco fascistóide está se referindo a Altamiro/Altamira.
De tanto tomar cacete, parece que o Ogro Vaitardi perdeu o folego.
Prosseguimos nós na trincheira.

Humberto Carvalho Jr. disse...

Borges,

Fica fácil, agora, entender os comentários ridículos do Arnaldo Jabor, que também foi militante de esquerda quando estava na moda.

Brilhante.

Abraço!

Anônimo disse...

altamiro,gosto do seu blog e sempre que posso leio,mais infelizmente a materia que vc se refere foi escrita a 7anos e os fatos que ocorreram durante estes 7 anos"citados por mainard" são fatos reais! fiquei decaepicionado.o sr deveria ser mais claro em relação as datas e mais cuidadoso c as pesquisas>

Demarchi disse...

Esse Mainardi me parece meio desequilibrado. Às vezes tenho pena dele, de verdade.

E o que é aquilo, aquele livro "Lula é minha anta". O livro é um lixo, desde o título. É ridículo, do mais baixo nível.

E, aproveitando, o Jabor, quanto mais ranzinza, mais feio e acabado ele fica. Acho que o "jornalismo" que ele faz acaba fazendo mais mal a ele do que à mídia.