terça-feira, 12 de outubro de 2010

Padre Otto Dana: grito contra as trevas

Reproduzo artigo do Padre Otto Dana, Pároco da Igreja Sant´Ana, em Rio Claro (SP), publicado no blog de Luis Nassif:

Brasileiros e brasileiras! O capeta está solto! Empunhemos nossos terços e Bíblias e até Alcorões, se os houver! Herodes brande a espada afiada contra as criancinhas do Brasil! Ergamos a fogueira! Queimemos os hereges! O aborto e os gays estão espreitando pela janela!

Gente do céu! Que tiririquice! Que babaquice mais que medieval. Que onda inquisitorial graçando em pleno século XXI. A caça às bruxas. O extermínio dos veados. Cruz, credo! Xô Satanás! Estamos apenas tentando eleger um Presidente para o Brasil. Estamos discutindo propostas e projetos para uma boa administração do Brasil. Aborto, gueisismo, pílula, camisinha não é prioridade do momento.

O processo eleitoral corria tranquilo, dentro dos princípios democráticos: discute-aqui- denucia-ali, promete-isso, condena-aquilo, tudo numa boa. De repente a serenidade é detonada por uma horda de aiatolás, talibãs, mulás, numa gritaria ensurdecedora contra os que ameaçam o poder do Altíssimo.

Alguns vestidos de batina (ainda!), outros de mitra e báculo, outros de terno e gravata ostentando Bíblias, todos ecumenicamente de dedo em riste acusador: "ela é a favor do aborto, ele apóia o casamento homem-com-homem, mulher-com-mulher, os dois defendem a distribuição de camisinhas até para as crianças da escola.

Deus do céu! Que atraso! Que tiririquice! Pra começar, arbitrar sobre aborto e formas de casamento é da competência do Congresso Nacional e não do Presidente da República, que apenas sanciona ou veta a disposição do Congresso. Além do mais, aborto e casamento gay nem estão em pauta de discussão, hoje.

Mais importante e pertinente agora é ouvir dos candidatos suas propostas e projetos concretos quanto à saúde, educação de qualidade, distribuição de renda, segurança da população, criação de empregos, formas de apropriação ou não do Estado, relações diplomáticas e econômicas com outros países, transporte, saneamento básico, liberdade de imprensa, desenvolvimento do país, programas sociais, etc., etc.

E mais: estamos num país democrático, regido por uma Constituição Civil e não pelas tábuas da lei de Moisés. É um país democrático e laico e não teocrático, apesar de supostamente religioso. Sua capital é Brasília e não o Vaticano, nem a Canção Nova, nem a sede da Assembléia de Deus, nem a CNBB.

Tentar manipular a consciência do eleitor, ameaçando-o com a ira de Deus é injuriar o próprio Deus que nos criou livres. O dia em que o povo tiver que consultar um aiatolá de plantão tipo Pastor Silas Malafaia, ou um Padre José Augusto (Canção Nova) para votar, é melhor rasgar o título de eleitor e o estatuto da maioridade civil. O que vem se praticando em meios religiosos no momento, é o aborto da eleição, da democracia, da Constituição e do bom senso. Xô Satanás!

.

6 comentários:

Anônimo disse...

Esses religiosos são opotunistas, só querem ganhar dinheiro a custa dos idiotas.

cesar a giometti disse...

É isso aí. O tucano Serra só despertou o que há de pior neste país. Cala boca serra... Tomara que os católicos acordem para não sderem enganados por um turma de aproveitadores. Acorda Brasil e vote Dilma.

Anônimo disse...

FANTÁSTICO! TEXTO EXCEPCIONAL.
SERRA ESTÁ, DE FORMA ALUCINADA, TENTAR ESTIGMATIZAR A CANDIDATA DILA. Entendo, com advogado, que tal conduta, além de reprovável, fere princípios constitucionais. Tentar vincular a candidatura da Dilma crenças religiosas fere o federalismo brasileiro, que prega a igualdade e liberdade de escolha religiosa. Por esse aspecto, católicos, evangélicos, judeus, e demais religiões do nosso pais se unem pelo interesse do Brasil. Não estamos elegendo um líder religioso mas sim um presidente de um país multiracial e multi religioso.
Esse tipo de matéria, por si só, já se constitui em motivo mais que suficiente, PARA NÃO VOTARMOS NO CANDIDATO DO PSDB.

Luiz Curinga disse...

Olá Miro, sou de Rio Claro e quando leio texto como esse vindo da minha cidade, faz com que eu fique com mais orgulho da minha terrinha. Terrinha essa que vem exportando tanta gente boa como João Fina, Siqueira Campos, Ulysses Guimaraes, Orlando Moment "Landin", Nadia Campeão, Pe Otto Dana e tantos outros que virão. Parabéns por publicar o texto no seu blog. Viva Dilma, Guerreira do Brasil, Viva a democracia.

mirtes disse...

Parabens ao Padre Otto Dana. Um dos poucos padres que honram a Igreja Catolica. Verdadeiro cristão.
Fui aluna dele no Sud Mennucci de Piracicaba/SP(cidade está onde psdb manda e desmanda).

Um grande abraço Padre Otto
mirtes

sabiru disse...

Padre Otto, ainda lamento sua saída da Catedral de Piracicaba e de Piracicaba. Suas homilias, seu pensamento proguessista fazem falta a esta terra, que parece regredir dia dia à taquanhice.