domingo, 3 de abril de 2016

A autora do ataque misógino da IstoÉ

Por Renato Rovai, em seu blog:

A IstoÉ repete sua aula de antijornalismo e publica mais um texto vergonhoso e sem fontes. Dessa vez misógino e machista contra a presidenta Dilma Rousseff.

A autora da matéria é de novo Débora Bergamasco que publicou a tal delação do senador Delcídio do Amaral (s/part-MS) só com as partes que interessavam ao presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves (MG).

Na época, Débora disse que os ataques que sofreu pelo texto produzido eram frutos de machismo. Teve até carta de colegas de redação, principalmente mulheres, em solidariedade a ela.

E agora, Débora assina este texto mostrando que até poderiam ser machistas alguns ataques feitos a ela naquela ocasião, mas que o problema é outro.

Débora Bergamasco não está nada preocupada com ética e respeito à condição da mulher. Ele faz qualquer coisa pra aparecer.

Seu texto de hoje é um veredito sobre sua dignidade profissional. Nada mais precisa ser dito nem a favor nem contra ela depois disso.

Quanto à finada IstoÉ, já não há muito o que falar faz tempo.

4 comentários:

Ignez disse...

Soube que ela namora o Zé Cardozo. Procede?

Maria Chaves disse...

Há esse comentário sim, e parece que não é bem um namoro, eles moram juntos.

Maria Chaves disse...

Soube que é mais que um namoro, que eles moram juntos. Estranho isso, não é?

carlos jorge martins jorge disse...

Assombra-me a terrível insipidez da reporte da IstoÉ.