sábado, 29 de janeiro de 2011

Veja e o "bom-mocismo" de Luciano Huck

Reproduzo matéria publicada no blog Lado B:

O mundo “explodindo” em convulsões sociais, protestos e catástrofes climático-ambientais à espera de iniciativas que diminuam os impactos de seus efeitos, de mudanças de atitude, e a revista semanal de maior circulação no país ignora tudo isso. Ela estampa uma capa estilo “Caras”, colocando o casal Angélica e Luciano Huck em destaque. Cuma?!

Mas o bom e velho jornalismo resiste bravamente na capa de outra revista, com menor poder de inserção, mas coerente com sua linha editorial e com a missão de se pautar pelo interesse público: a CartaCapital.

À revelia do “bom mocismo” que Veja tenta colar à sua imagem, Huck se defende de processo contra ele por acusação de crime ambiental movido pela Prefeitura de Angra dos Reis desde 2007:

*****

Luciano Huck é processado pela Prefeitura de Angra dos Reis
"A Prefeitura de Angra dos Reis move uma ação civil pública contra Luciano Huck. O apresentador teria feito contruções irregulares em sua casa de veraneio no município e causado danos ao meio ambiente. Huck ainda não foi informado oficialmente da ação. Oficiais de Justiça foram à TV Globo mas não conseguiram encontrá-lo. A assessoria de imprensa de Luciano afirmou que ele não tem conhecimento da ação, nem da visita de algum oficial de Justiça. A assessoria afirmou ainda que esse processo surpreende porque a planta e o habite-se da residência foram devidamente aprovados pela Prefeitura de Angra".

Luciano Huck estaria sendo processado pela Prefeitura de Angra dos Reis, diz jornal

*****

Para elucidar o porquê da decisão de Veja colocar o “bom mocinho” Luciano Huck na sua capa esta semana, basta consultar detalhes do processo que ele responde. Mesmo vencedor da ação em primeira instância, Huck terá a casa vistoriada por perícia e o Ministério Público do Rio de Janeiro, que recorreu da decisão, exige que ele deposite o valor das custas processuais. Confira e tire suas próprias conclusões.

Veja, agora, se presta a fazer assessoria de imprensa às celebridades? A revista se supera!

3 comentários:

José Fonte de Santa Ana disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lourival Filho disse...

O Luciano Hulck pagou um mico danado esse dias no twitter com seu peixe urbano. Como a mídia alternativa caiu de pau devido ao mal exemplo do falso bom moço, a veja quiz dá de ombros e passar a mão na cabeça desse rapaz que adora explorar a desgraça alheia sempre muito bem embalado nessa caixa de fundo falso que a "grande mídia" criou!
Mas o principal objetivo de "veja", talvez seja mostrar que quem manda são eles e que se lixam para o que foi amplamente divulgado como um golpe de marketing infeliz desse rapaz que não me engana de suas "boas" intenções.

Luiz Correia disse...

Veja isto.....

A gente merece!!!
Vcs imaginam a possibilidade de a Michele Obama advogar?

Pois era uma grande advogada antes de o marido ser eleito.

Agora fica em casa, pois tem ética e pudor.

Aqui isso falta, e MUITO.


SEM VERGONHA do LUCIANO HUCK


Luciano Huck contrata escritório da mulher de Cabral e ganha de presente decreto do governador que libera sua casa em Angra.

Mais um caso escandaloso envolve o governador Sérgio Cabral e sua mulher Adriana Ancelmo. É mais uma situação em que um cliente do escritório de sua mulher é beneficiado pelo governador Sérgio Cabral.
Desta vez envolve o apresentador da TV GLOBO, Luciano Huck. O artista tem uma mansão em Angra dos Reis, que foi construída de forma irregular e por isso responde processo movido pela prefeitura do município.
Luciano Huck contratou o escritório de advocacia da mulher de Sérgio Cabral e ?coincidentemente?, o governador assinou um decreto que liberou as construções em Angra dos Reis e na Ilha Grande.

O decreto de Cabral é uma aberração tão grande, que ambientalistas o apelidaram de ?Lei Luciano Huck?,porque beneficiou o apresentador.
Hoje, o jornal Estado de S.Paulo publica a denúncia gravíssima (vejam abaixo). Mais uma denúncia que envolve negócios particulares da mulher de Sérgio Cabral com decisões tomadas pelo governador, que beneficiar am os clientes da esposa. Os jornais do Rio continuam ignorando o assunto.

O Ministério Público estranhamente, diante de tantas evidências, denúncias e fatos comprovados, até agora não se manifestou. Os deputados vão pedir uma CPI para apurar a situação do Metrô que é cliente da mulher de Cabral e teve sua concessão prorrogada por mais 20 anos pelo governador.
E isso é só a ponta do iceberg!
Pois,aguarde que a situação é inusitada.
AGORA, COMEÇA A SE ENTENDER PORQUE O ESCRITÓRIO DA MULHER ADRIANA ANCELMO CRESCEU TANTO,DESDE QUE O SEU MARIDO SÉRGIO CABRAL ASSUMIU O GOVERNO. QUEM PRECISA DE CONTRATOS, DE DECRETOS, DE AUTORIZAÇÕES DO GOVERNADOR ENCONTROU O MELHOR CAMINHO, QUE VEM SENDOCONTRATAR O ESCRITÓR IO DE SUA MULHER.

Amigos, repassem, é a nossa única arma, temos que mudar nosso país.
Como um país tão rico pode ser tão desigual?

Desigual é pouco, o melhor seria dizer : CORRUPTO.

Está cada vez mais difícil acreditar nas pessoas que se 'metem' na política e na gestão das coisas públicas deste país !!!

REPASSEM. ...