terça-feira, 27 de dezembro de 2011

Noblat alerta “companheiros” tucanos

Por Altamiro Borges

Ricardo Noblat foi o primeiro colunista da mídia demotucana a tratar do livro de Amaury Ribeiro. Não se fingiu de morto, como vários outros “valentões éticos” da chamada grande imprensa que até agora não falaram uma linha sobre “A privataria tucana”. Certo que tratou de desqualificar a obra e o seu autor e de noticiar, com entusiasmo, a decisão do PSDB de processar Amaury.

Ontem, em seu blog no sítio do jornal O Globo, ele voltou a abordar o inflamável tema. No artigo “O que é isso, companheiros”, Noblat confirma que o livro atiçou as bicadas no ninho tucano e confessa, nas entrelinhas, que está preocupado com os destinos da oposição de direita no país. O livro de Amaury deve ter estragado as suas festanças de Natal e de final do ano. Vale à pena conferir:

*****

O que é isso, companheiros?

Em meio à eleição do ano passado, quando o sigilo fiscal de Verônica Serra foi quebrado por suposta encomenda do jornalista Amaury Ribeiro Jr., o problema a separar José Serra de Aécio Neves deixou de ser político e passou a ser pessoal.

Serra concluiu de uma vez por todas que Amaury estava de fato a serviço de Aécio.

Em seu livro “A Privataria Tucana”, Amaury confessa que espionou o esquema de espionagem de Serra a pedido do jornal Estado de Minas, onde trabalhava. Por sua vez, o jornal atendia a um pedido de Aécio, então governador do Estado.

Serra acalenta o sonho de ser candidato a presidente pela terceira vez. Aposta no fracasso do governo de Dilma.

Se não der, porém, tudo fará para que Aécio, uma vez candidato do PSDB a presidente, não se eleja de jeito nenhum.

É o troco.

O PT agradece.

7 comentários:

antonio barbosa filho disse...

É, o PT é culpado pela burrice de uma oposição corrupta. O PT é culpado pela oposição não ter um programa que possa ser revelado ao povo - já que sua meta resume-se a "vender tudo que puder ser vendido", segundo o seu presidente de "honra", Fernando Henrique.
O PT é culpado pela direita ter como gurús os "gênios" Olavo "Pornô" de Caralho, e o Rei do Esgoto, vulgo Reinaldo Azevedo.
O PT é culpado porque a D. Judith assumiu que as cinco ou seis famiglias que a empregam serem o verdadeiro partido de oposição - quando alegam fazer "jornalismo".
O PT é culpado por o Serra ser o maior "espalha-roda" na História da política brasileira: onde ele chega todo mundo sai!
Cá entre nós: o PT é uma porcaria, mas em matéria de incompetência a direitona-burra ganha de mil a zero.

Anônimo disse...

E com este texto, o jornalista entrega que a mídia é mesmo golpista e que atende aos interesses políticos.

No caso, entrega o 'colega' Amaury, que trabalhava
para o jornal Estado de Minas (a serviço de Aécio).

Resta saber, a quem estão servindo os demais jornais
do PIG. Mas isso não é tão difícil de deduzir.

RLocatelli Digital disse...

Que Zé Bolinha de Papel e Aébrio Neves se engalfinhem pela próxima década. Não precisamos de oposição de direita, e sim de oposição de esquerda, que pressione o governo a avançar mais.

Anônimo disse...

É o famoso ver chifre em cabeça de cavalo! Parabéns pela defesa idiota de qualquer proposição do governo lula-dilma!

Irani Lima disse...

O Amaury não escondeu em sua obra que investigava as ações de Serra sobre espionagem ao governador mineiro. O tucano Noblat não precisava se preocupar em "denunciar" Amaury. Os espiões são o Serra e a filha. Essa tucanalha...

Anônimo disse...

É demais. É com essa oposição que o Brasil deve ficar? Essa oposição não serve absolutamente para nada, a não ser para certos interesses escusos e secretos, que só se revelam quando eles retomam o controle das coisas. Aperecem aqueles sanguessugas sorridentes, dando tapinha nas costas destes principais políticos da oposição, aqueles sorrisos hipócritas e as perguntas suaves dos "jornalistas" de plantão, a defender a mesma bandeira disfarçada, e informação enviezada.

É só isso que sabem fazer. Safadezas.

Edouard Mekhalian

Anônimo disse...

O que é isso, Tucaneiros ?

Vão se bicar, vão se entregar, entregar quem, quando, como, onde foi parar os bilhões da Privataria ?