domingo, 29 de junho de 2014

Turismo da Copa? Imagina sem mídia!

Por Fernando Brito, no blog Tijolaço:

A Folha publica hoje que 484.453 estrangeiros chegaram ao Brasil entre os dias 1º e 20 de junho.

“O número representa aumento de 121% em relação aos primeiros 20 dias de maio – quando a entrada de estrangeiros já começava a crescer devido ao Mundial”, diz o jornal.

No mundo virtual – que acaba por virar, em parte, visita física ao país – em uma semana, mais pessoas conversaram sobre a Copa no Facebook do que no Super Bowl americano , no Oscar e nas Olimpíadas de Inverno de Sochi juntos, informa Ilimar Franco, em O Globo.

Será que agora vai aparecer na mídia o que o Brasil deixou de receber, em pessoas e em recursos, com a impiedosa campanha de desmoralização do país e do evento por nossa imprensa?

Porque, afinal, até o Jornal Nacional diz que o clima de caos e pessimismo se espalhou pela imprensa internacional?

Quantos turistas – sobretudo os de maior poder aquisitivo – deixaram de vir para a festa?

Porque o fã “casca grossa”, na sua alegria e simplicidade, vem de qualquer jeito.

Mas é certo que muitos dos ”chiques” reparbaram a oportunidade, porque não queriam se arriscar a passar em meio à guerra civil que anunciavam.

Os nossos amigos que estão muito preocupados com os gastos, quem sabe, talvez estejam dispostos a fazer contas sobre as perdas de receita que causaram.

Afinal, se tudo é dinheiro, por que não fazê-las?

Ainda bem que a festa paga (e apaga) tudo.

2 comentários:

Unknown disse...

Colocar um link para a folha é na mídia da internet "recomendar" ao seu leitor que aquele link tem a sua recomendação para ser lido.
Isso é visto pelos motores de busca do google como um link "positivo" e portanto ficará bem posicionado.
Apesar do alto nível que seu blog tem conseguido em ambiente nacional falta-lhe apoio de técnicos em marketing de mídia digital.
caso você não consiga de imediato, favor entrar em contato, que o pouco de conhecimento que tenho na área lhe será disponibilizado gratuitamente.

Unknown disse...

Fica muito fácil já no final da copa criticar e atribuir exclusiva responsabilidade à mídia nacional pelo desinteresse de mais turistas no país.
É importante deixar claro que a copa vai bem, sobretudo a mobilidade das metrópoles, não em função da criação de infraestrutura eficaz, mas sim devido a conjugação de dois fatores. A concessão nefasta de feriados sucessivos e a quantidade de turistas menor do que o esperado para o evento.
Apesar de estar transcorrendo bem, continuam ocorrendo protestos, com menor volume de participantes, e atrasos em vôos são registrados, torcidas, de forma inédita, vazam o sistema de segurança e invadem áreas restritas.
Precisamos olhar os fatos e refletir sobre eles sem ufanismos os captura partidária. Nem tudo pode ser arrebatado pela luta de classes, pelo maniqueísmo barato que é praticado aqui e tenta arrebatar todo e qualquer debate.
Como integrante da parcela formadora de opinião, acredito que deva haver maior preocupação com a isenção e com a sobriedade nas análises.
Vou continuar lendo seu blog e opinando...ainda que meus comments sejam bloqueados.
Viva a democracia!