quinta-feira, 4 de abril de 2013

Blogueira cubana é barrada nos EUA

Por Altamiro Borges

A mídia colonizada, que tanto bajulou a dissidente cubana Yoani Sánchez em sua recente visita ao Brasil, não fez maior estardalhaço contra mais um atentado às liberdades cometido pelos EUA - o "paraíso da democracia", segundo alguns servos do império. Na tarde de ontem (03), o governo estadunidense proibiu o ingresso no país de Elaine Díaz Rodrigues, blogueira, jornalista e professora da Universidade de Havana. Ela simplesmente foi impedida de participar de um dos maiores eventos de ciências sociais do mundo, o XXXI Congresso Internacional de Estudos Latino-Americanos.

Segundo o blog Jornalismo B, Elaine Díaz teve seu trabalho acadêmico aprovado pela Associação de Estudos Latino-Americanos, entidade organizadora do evento, que também deu a ela uma bolsa para a viagem aos EUA. Mesmo assim, o governo do "democrata" Barack Obama não concedeu o visto de entrada. "É humilhante que neguem vistos a acadêmicos, enquanto recebem de braços abertos a Yoani Sánchez", critica a professora e blogueira cubana. Diante do fato lamentável, ela ainda pergunta quem é que de fato cerceia a liberdade. "Cuba ou os EUA?".

O senador Eduardo Suplicy (PT-S), que ciceroneou Yoani Sánchez no Brasil, fará um pronunciamento no Congresso em defesa das liberdades democráticas nos EUA? A bancada demotucana, que tanto bajulou a dissidente cubana, proporá uma moção de repúdio ao presidente Barack Obama? A asquerosa revista Veja também dará capa criticando o ditatorial governo ianque? E a golpista Sociedade Interamericana de Prensa (SIP), que reúne os barões da mídia do continente e paga salário a Yoani Sánchez, vai protestar? A conferir! 

9 comentários:

Unknown disse...

Aconteceu lá, com uma cubana, é problema dos eua e de cuba. Não tem nada que senador brasileiro fazer pronunciamento.

Jose Dantas Bitencourt disse...

Claro que tem de se pronunciar sim. Esse gesto dos EUA e um tapa na cara daqueles que prepararam uma festa para receber a blogueira cubana
aqui no Brasil.

Sergei Korolev disse...

huahauhauhauhauhauahuahahauh

esses americanos e alguns comentarios aqui...são muito engraçados, claro, a professora devia ser uma terrorista que punha em perigo a "grande" democracia americana

Ramalho disse...

O senador deveria pronunciar-se, não só ele, mas, também, todos os que lutam pela livre expressão no mundo. Tal pronunciamento, se feito, serviria de contraponto aos muitos outros feitos por senadores de direita criticando Cuba, que, a se considerar os casos das duas blogueiras cubanas, são falsos. De fato, quem censura é os EUA.

Aliás, deveria ser feito movimento para levar de Washington para Havana a Comisão Interamericana de Direitos Humanos, e sua sede deveria ser localizada ao lado de Guantanamo, campo de concentração e centro de tortura americano que rivaliza com os nazistas. A simples presença da sede ao lado de Guantanamo seria protesto permanente contra as violações dos direitos humanos diarimente perpetradas pelos americanos.

Os EUA censuram e torturam, no mundo todo, e, por isto, o que foi feito com a blogueira cubana interessa aos senadores brasileiras.

PQuadros disse...

Reaca eh sempre anonimo!

O pau que dah em chico nao dah em francisco?

Vcs sao sempre 2 pesos e 2 medidas

Mauricio disse...

Nisso o Brasil destoa dos States: "A filha do presidente de Cuba, Raúl Castro, Mariela Castro está em Porto Alegre (RS) para participar de seminário sobre educação sexual. Mariela é sexóloga e desembarcou no Aeroporto Internacional Salgado Filho, em Porto Alegre no final da noite de quinta-feira". Ponto para o governo petista.

Giselle Radigan disse...

Nao e o Governo americano que boicota a entrada de academicos, artistas e afins, mas sim o pessoal despreparado que trabalha nos aeroportos, que deveriam ser treinados e quica ter uma lista dos VIP ou convidados do Governo americano. Nada mais e que TREINAMENTO, falta de profissionais qualificados que sao o primeiro contato do estrangeiro com o solo americano. Ai cai naquele velho ditado, por causa deles o Governo paga a conta. Isso tem que ser resolvido prontamente.

Anônimo disse...

É porque a Elaine não trabalha para a CIA.

Alexandre Haubrich disse...

Vencemos!
Após mobilização, blogueira cubana tem pedido de visto revisado e aprovado para ir a Congresso nos EUA http://jornalismobnoticias.wordpress.com/2013/04/11/apos-mobilizacao-blogueira-cubana-tem-pedido-de-visto-revisado-e-aprovado-para-ir-a-congresso-nos-eua/