quinta-feira, 29 de agosto de 2013

Augusto Nunes, coveiro do ‘Roda Viva’

http://ajusticeiradeesquerda.blogspot.com.br/
Por Altamiro Borges

O jornalista Augusto Nunes, um dos mais hidrófobos da revista Veja, estreou nesta semana como apresentador do “Roda Viva”, da TV Cultura. O programa, que no passado conquistou prestígio por seu jornalismo sério e mais plural, já vinha declinando em função da forte interferência dos tucanos, que comandam a Fundação Padre Anchieta. Mas com o histérico Augusto Nunes a tendência é piorar ainda mais. Na sua estreia, ele levou seus amiguinhos reacionários para o estúdio. Como apontou Nelson de Sá, colunista da Folha, “o novo ‘Roda Viva’ vira extensão do site da Veja”. Vale conferir o seu crítico e lúcido comentário:

*****

Com exceção do jornalista Reinaldo Azevedo, que não participou desta vez, foi como acompanhar os debates apresentados no site da revista "Veja" sobre o julgamento do mensalão.

No novo "Roda Viva", na TV Cultura, mantida pelo governo de São Paulo, estavam lá os mesmos Augusto Nunes, como apresentador, o historiador Marco Antonio Villa, agora como entrevistador, e o advogado Miguel Reale Jr., agora entrevistado.

Ao longo do último ano, os três protagonistas estiveram lado a lado em debates on-line nos quais concordavam quanto ao que deveria ser feito pelo Supremo.

Reale foi apresentado, anteontem, como ex-ministro "no governo Fernando Henrique Cardoso" e ex-secretário paulista. A fase anterior do "Roda Viva", apresentado por Mario Sergio Conti, chegou a programar entrevistas seguidas com José Serra e FHC, há dois meses.

A diferença é que ambos foram então minimamente questionados, enquanto Reale se manteve lado a lado com a maior parte das perguntas, antes acrescentando do que respondendo.

Sobre a suposta "pressão da mídia" criticada pelos réus do mensalão, por exemplo, afirmou que teria ocorrido o contrário. "No período entre 2005 e 2012, vendeu-se na mídia a ideia de que eles eram inocentes." Lembrou "reportagem de Veja' em que [o ex-tesoureiro petista Delúbio Soares] estava feliz, fazendo churrasco, dizendo que nada ocorreria".

No ritmo em que vinha o programa, foi o próprio Reale quem acabou trazendo à tona, por sua conta, o paralelo com o "mensalão mineiro" - que havia sido notícia nos dias anteriores porque ficou para as calendas, no mesmo Supremo.

Mas o fez para afirmar e repetir que não é possível julgar o escândalo tucano da mesma maneira, "é uma coisa diferente, não houve compra de deputado".

Na mesma direção, o escândalo do cartel em São Paulo foi levantado no final, pelo jornalista Raimundo Rodrigues Pereira, mas a pergunta foi longa e confusa - e a resposta de Reale, curta e genérica, evitando citar Siemens e outras partes.

"Eu creio que o financiamento [eleitoral] não deve ser exclusivamente público, deve ser privado, mas proibindo empresa que venha a ser fornecedora do poder público", disse Reale.

Além do julgamento do mensalão, os outros focos da entrevista foram o programa Mais Médicos e a fuga do senador e asilado boliviano para o Brasil, temas em que o ex-ministro também se resumiu a reforçar as críticas ao governo federal já presentes nas perguntas.

Registre-se que era o primeiro programa, desfalcado não só de entrevistadores que haviam sido anunciados, mas de entrevistados. Foram convidados, antes de Reale, a presidente Dilma Rousseff e o ex-presidente Lula.


*****

Tendo o tendencioso Augusto Nunes como apresentador – ou coveiro –, o programa Roda Vida tende a definhar de vez. A própria substituição do âncora anterior, Mario Sergio Conti, já tinha gerado suspeitas. Ele foi defenestrado antes do prazo final do seu contrato. O grão-tucano Marcos Mendonça, novo presidente da Fundação Padre Anchieta, mantenedora da TV Cultura, não explicou os motivos do corte abrupto. Antes, ele já havia demitido cerca de 40 funcionários da emissora pública. Ex-vereador, deputado do PSDB e secretário estadual de Cultura em dois governos tucanos, ele está montando o “seu time” para as eleições de 2014.

*****

Leia também:









9 comentários:

Anônimo disse...


Mais MENSALÃO no 'Jornal da Band'! Vídeo! Denúncias Jornal da Band: Os tucanos e a Castelo de Areia http://www.youtube.com/watch?v=lUmCcB-SDYA#t=170

Anônimo disse...


O MENSALÃO DA CONSTITUINTE, SEGUNDO MIGUEL REALE JÚNIOR! ENTENDA

O jurista Miguel Reale Junior - indagado pelo jornalista Raimundo Pereira [revista ‘Retrato do Brasil’] acerca da roubalheira perpetrada pelo consórcio(!) PSDB/Alston/Siemens - afirmou: “Sim, eu confirmo que houve um mensalão na época da Constituinte! Eu tive a honra de conviver com o Ulysses Guimarães, e para acomodar a vitória do presidencialismo sobre o parlamentarismo, houve, SIM, compra da consciência, compra do voto dos parlamentares! Qual foi a moeda? Concessão de emissoras de rádio e de televisão para os constituintes!...”
*programa ‘Roda Vida’, TV Cultura, edição de 26/08/13

Que "elite" é essa, sô?!...

E que país é esse?! “É o ‘brazil’ radicalmente mudado (sic) por um menino paupérrimo – e muito humilde (idem sic) – chamado Joaquim!” Coitado do Ruy Barbosa!...

Bahia, Feira de Santana
Messias Franca de Macedo


Anônimo disse...


Calma, sua hora vai chegar
28/08/2013

Era uma vez um sujeito que achava que com seu poder e sua fortuna podia intimidar os outros. Reclamava à Justiça direitos absurdos, que não poderia obter. Em seu desatino não compreendia que não era a vítima e sim o algoz. Porém, com a fé cega e uma faca amolada nas mãos, o poder moderador não alcançava seu ideal. E, por causa disso, muitos achavam que o silêncio poderia ser a arma dos fracos. No entanto, a resistência se avolumava, uma força enorme crescia entre aqueles que se sentiam injustiçados e uma onda gigante se formava no horizonte. E ela vinha lenta, caudalosa e arrebatadora. Alguns segredos, quando revelados, deixarão os poderosos de joelhos. É quando vão implorar por perdão e, humilhados, terão nossa misericórdia. Ou não. Não subestime aqueles que escolheu para ser seus inimigos. Eles podem revelar a verdade tão cuidadosamente escondida.

http://maureliomello.blogspot.com.br/2013/08/calma-sua-hora-vai-chegar.html#sthash.S7RbKarF.dpuf

Por jornalista Marco Aurélio Mello

http://maureliomello.blogspot.com.br/2013/08/calma-sua-hora-vai-chegar.html

Under_Siege@SAGGIO_2 disse...

eu apenas espero que a TV BRASIL, emissora pública bancada pelo governo federal - cancele a exibição deste lixo com este canalha A Nunes e o substitua, talvez até com um programa de estilo similar, com tons DEMOCRATICOS e PLURAIS, sugiro o BETO ALMEIDA para apresentador.

Basta de propagandear os canalhas da ultradireita. BASTA!

Guilherme Scalzilli disse...

Quadrada

A instrumentalização político-partidária do jornalismo da TV Cultura é apenas a superfície mais notável de um sucateamento progressivo que há anos atinge toda a programação do veículo. E não existe melhor evidência da contaminação ideológica da emissora pelo governo estadual demotucano do que os rumos tomados recentemente pelo programa Roda Viva.
Além das bancadas quase exclusivamente compostas por funcionários da mídia corporativa e por outros personagens do conservadorismo nacional, os mediadores são escolhidos através de critérios “misteriosos”, que não coadunam com o âmbito da excelência. Pois, dentre tantos jornalistas qualificados no país, é possível acreditar que a volta de Augusto Nunes se deve à sua competência profissional?
Basta ouvir as bobagens do cidadão para compreender o tamanho do retrocesso que ele representará na louvável história do Roda Viva. O episódio deveria provocar um escândalo na categoria, uma rápida mobilização dos conselheiros da Fundação Padre Anchieta e até alguma iniciativa judicial.
Mas ninguém nos bastidores da política ou da imprensa paulista vai se debruçar agora sobre o assunto. Como sabemos, as últimas coisas que interessam ao PSDB nesses tempos ruidosos são a independência editorial e a ética jornalística.

http://www.guilhermescalzilli.blogspot.com.br/2010/07/pa-de-cal.html

D.A.T. disse...

Altamiro, como faço para ter sua ilustre presença em um debate na minha universidade aqui no Rio de Janeiro ? E-mail: dat.unicarioca@gmail.com

Att, Diretório Acadêmico Tecnológico.

Anônimo disse...


EUA e armas químicas: faltou combinar com os russos
publicada terça-feira, 27/08/2013 às 14:36 e atualizada terça-feira, 27/08/2013 às 23:23

do Vila Vudu

Paul Craig Roberts parece doido, mas não é doido.

Afinal, nunca passou de liberal. Mas é liberal do tipo que despreza a imprensa-empresa (chama-a de ‘presstitute’, onde “press” é “imprensa” em ing., e o resto traduz-se facilmente) e que se sente sinceramente indignado com o que vê acontecer no mundo — sem tomar conhecimento do que a imprensa-empresa tente inventar.

E se há coisa que não existe no Brasil é a indignação REAL de liberais REAIS: no Brasil, os liberais são “de segunda mão” (grande Roberto Schwarz!) e a respectiva ‘indignação ética’, idem. No Brasil, o que mais tem é ‘ético’ fascista metido a liberal, como D. Eliane ‘Navio Negreiro’ Cantanhede, e só esses têm voz nos veículos da imprensa-empresa local.

Então, PCR assusta os habituados à escrita ‘jornalística’ que se faz de ‘isenta’. Mas ele é, sim, é muuuito bem informado (por isso o acompanhamos e traduzimos seguidamente).

Ontem, PCR escreveu — e traduzimos — que os EUA temem que os inspetores da ONU descubram as pegadas dos EUA e seus aliados no ataque com armas químicas, na Síria. Parece coisa de doido (ou de esquerdista-doente-infantil). Afinal, os EUA & aliados nuuunca fariam tal coisa — como reza a ‘ciência’ de panacas como William Waack e Demétrio Magnoli.

Hoje, pelo Facebook, Pepe Escobar distribuiu a seguinte mensagem:

MUITO IMPORTANTE: A RÚSSIA TEM PROVAS DE QUE OS ‘REBELDES’ FIZERAM ‘AQUILO’

Khalil Harb, do jornal As-Safir, acaba de confirmar há alguns minutos, para o jornalista Claudio Gallo, meu grande amigo, o que foi publicado há dois dias, em árabe, citando uma fonte russa.

Segundo a fonte, o embaixador da Rússia no Conselho de Segurança da ONU, Vitaly Churkin, já apresentou provas conclusivas (documentos e imagens de satélites russos) de dois foguetes carregados com produtos químicos, disparados de Douma, área ocupada pelos ‘rebeldes’ sírios, que explodiram em East Ghouta. Morreram ‘rebeldes’, além de civis – inclusive aquelas crianças que aparecem nas capas dos jornais e revistas da imprensa-empresa ocidental. A prova é conclusiva, diz a fonte russa. O próprio Lavrov, ontem, já dera indicações de que havia algo importante. Por isso, precisamente, não há resolução do Conselho de Segurança da ONU contra a Síria. E por isso, precisamente, Washington não quer que os inspetores descubram coisa alguma.

E isso, precisamente, foi o que Paul Craig Roberts escreveu em sua coluna, ontem. Acertou, na mosca.

Leia outros textos de Geral

Adir disse...

Não vou ver isso!

Unknown disse...

Afundando a TV Cultura e a Cultura FM.
Alexandre Machado, outro tucano, que comanda o "Começando o Dia", jornalismo que nunca existiu na estação.
https://fbcdn-sphotos-g-a.akamaihd.net/hphotos-ak-ash3/p480x480/1233353_318018178341650_902836270_n.jpg