quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Fortaleza: mais um demo no inferno!

Por Altamiro Borges

Faltando apenas dez dias para o primeiro turno das eleições municipais, o quadro da disputa fica mais nítido e desmoraliza certos “calunistas” da mídia. Há várias semanas, eles garantem que as esquerdas seriam derrotadas e que a oposição demotucana seria a grande vitoriosa. Ricardo Noblat, o blogueiro da Globo, chegou a fazer uma enquete para saber os motivos da fraqueza do PT nas capitais. Pelo jeito, vai queimar a língua. Pesquisa divulgada hoje mostra que mais um demo tido como favorito, Moroni Torgan, ruma para o inferno.

Candidato à prefeitura de Fortaleza, o “coronel” do DEM saiu disparado na frente. Chegou a ter 27% das intenções de voto na pesquisa do final de julho. Agora, segundo o Datafolha, despencou para 18% e corre o risco de nem ir para o segundo turno. Já o petista Elmano de Freitas, que iniciou a campanha com 3%, hoje lidera com 24%. Outro candidato de centro-esquerda, Roberto Cláudio, do PSB, surge com 19% e está tecnicamente empatado com o demo – sendo que ele está em alta e Moroni está em vertiginosa queda.

O campo popular saiu dividido na disputa em Fortaleza, o que é natural numa eleição municipal quando os partidos tentam se cacifar e projetar lideranças. Nas demais posições na capital cearense se encontram Heitor Férrer, do PDT (13%), Renato Roseno, do PSOL (7%), e Inácio Arruda, do PCdoB (3%). O tucano Marcos Cals tem 3% das intenções de voto - o que também confirma a decadência do ex-senador Tasso Jereissati, um dos lideres mais estridentes do PSDB. Aécio Neves, o cambaleante presidenciável tucano, até que poderia fazer uma visitinha a Fortaleza!

3 comentários:

Mabel Dias disse...

Que bom que os demos estão indo para o inferno, isso diminui as chances de eles irem para o céu, já que não existiria o inferno se não existisse Deus,bom saber que Deus esta voltando e vai levar a turma dos demo-tucanos para seu lugar de origem

Anônimo disse...



E os paulistanos falam que nordestino não pensa! Bem, está na hora de os paulistanos terem uma aula.

Wagner Mendes disse...

Aqui, em Fortaleza, 24% dos eleitores têm preferência pelo PT, todas as pesquisas indicam isso. A quebra da aliança entre PT e PSB foi motivada pelo ódio que o ex-deputado Ciro Gomes sente pela prefeita e o PT local. O candidato do PSB nada mais é do que um filhote de coronel mascarado de socialista. Ciro e cia querem tomar conta do Ceará. Mas a nossa militância é forte, a prefeita é combatente, e, juntos com o presidente Lula, não vamos deixar que isso aconteça. Da mesma forma que surpreendemos a direita e vencemos em 2004, sendo reeleitos em 2008, a cidade de Fortaleza vai continuar com o PT em 2013.